Marketing Olfativo: o que é e como funciona?

Se você está aqui é bem provável que você já saiba o que é marketing, porém a pergunta que eu te faço é: O que é marketing olfativo?

Nossa memória olfativa é muito eficaz e funciona com muito mais rapidez do que nossa memória visual ou auditiva.

Sabendo disso, nasce a ideia do Marketing Olfativo, uma técnica de estímulo para associar aromas a um produto ou à empresa. Imagine que, com apenas uma inspiração profunda, seja possível sentir vontade de ficar mais tempo dentro de um estabelecimento, ou se sentir extremamente confortável?

A partir de uma tecnologia diferenciada, é possível transmitir sensações aos consumidores, fazendo-os lembrar de uma marca, um produto ou de um conceito.

O que é o Marketing Olfativo?

Aromas que remetam aos valores da organização e aos sentimentos que ela espera provocar em seu público-alvo. Assim, cria-se uma memória olfativa, que é mais duradoura que a memória visual.

Há estudos que comprovam que nosso organismo tem a tendência a lembrar mais facilmente de cheiros do que de estímulos visuais ou auditivos. Ou seja, a estratégia é uma fortaleza para trabalhar lembrança de marca.

Onde o marketing olfativo pode ser aplicado?

Basicamente, o marketing olfativo pode ser utilizado por qualquer empresa. Pois permite a confecção de brindes personalizados, perfumação de lojas e eventos e ambientes com potencial estressante. Tudo porque se utiliza das propriedades olfativas (aromaterapia) para trazer sensação de concentração, harmonia e tranquilidade através de fragrâncias.

Estamos falando do nosso sistema límbico cerebral, um pedacinho do nosso cérebro que é responsável por processar tanto o nosso olfato, quanto nossas lembranças de vida. Por isso que um perfume tem o poder de trazer lembranças e passagens antigas quase que automaticamente.

Isso quer dizer que, se uma marca está buscando sua identidade olfativa, é porque quer impactar o público-alvo de maneira inesquecível. Claro que, para criar esse cheirinho exclusivo, é preciso antes entender quais emoções a marca quer passar, pois cada aroma tem uma característica diferente.

Ideias de como fazer marketing olfativo

No mundo das vendas estamos sempre tentando buscar formas de se diferenciar dos concorrentes para, assim, conquistar e fidelizar os clientes. Na busca por diferenciação, a inovação é o item mais importante.

O marketing olfativo pode ser utilizado por empresas de qualquer ramo (até mesmo virtual)!

  • Criação de um logo olfativo

Sua empresa é reconhecida por suas cores ou seu símbolo? Em locais onde o logotipo não pode ser reproduzido, como você alcança o cliente? Imagine uma marca de roupas de trilhas utilizando uma identidade olfativa com cheiro de floresta. Como resultado do tempo e

repetição, a associação da marca com o cheiro de árvore fortalecerá a personalidade da empresa.

  • Brindes

Receber caneta, calendário ou garrafinha pode ser legal, entretanto, para causar um impacto mais memorável e trazer retorno financeiro é importante ter em mente que a criatividade é o limite. Um bom exemplo é uma clínica de massagem pode, além de dar toalhas, produzir varetas personalizadas com alguma fragrância específica para os clientes mais fiéis, assim, expandindo a experiência para além do ambiente da clínica; caso a ação tenha um bom planejamento, pode significar uma oportunidade comercial, onde o brinde acaba virando um produto que pode ser vendido.

– Melhorar a concentração

Fragrâncias podem até facilitar o aprendizado. Se a sua empresa está aplicando treinamentos para seus empregados, considere uma mistura de cheiros como alecrim, sálvia e basal, com o intuito de estimular a concentração e revigorar a atividade mental.

  • E-commerce

O marketing olfativo vai muito além de apenas colocar um “cheirinho” em alguma sala. Só para exemplificar, o marketing de cheiros consiste em utilizar todas as possibilidades do olfato. Mas como lojas virtuais podem tirar proveito dessa estratégia e agregar mais valor para suas marcas? A resposta está na entrega. Quando pedimos uma pizza, antes de abrir a caixa, o cheiro já nos deixa ansiosos para comer. Vamos usar como exemplo uma grife de roupas de luxo que agregue glamour. Com a criação de uma identidade olfativa que reflita glamour, podemos desenvolver águas perfumadas com esta fragrância e, assim, borrifar na roupa ou na embalagem. Conforme os clientes vão recebendo os produtos, ocorrerá um reforço na identidade.

E então…

Apesar de estar no mercado brasileiro há pouco tempo, a utilização de fragrâncias se mostra um grande diferencial para o marketing. Pois sua atuação ocorre no subconsciente das pessoas, tornando impossível das pessoas ignorarem. Por isso, cada vez mais empresas de diversos ramos investem em marketing olfativo.

Então, se você gostou do nosso conteúdo, siga essas dicas. Nós da Infinitto, podemos te ajudar!

0 0 votes
Article Rating
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários