Uma mensagem subliminar é qualquer estímulo ou informação exposta a um receptor de forma imperceptível em nível consciente, na tentativa de influenciar opiniões e decisões de compra sem que a própria pessoa se dê conta. O termo vem da junção de “sub”, que significa abaixo, e “liminar”, que diz respeito a limites. Ou seja, abaixo do limite consciente do nosso cérebro. Esse estímulo pode ser feito a qualquer um de nossos sentidos, mas os mais pesquisados e testados são a visão e a audição do espectador. É um assunto polêmico e que sempre ressurge no meio da publicidade.

Mensagem Subliminar: O que é como ela está ligada ao marketing

Uma mensagem subliminar é qualquer estímulo ou informação exposta a um receptor de forma imperceptível em nível consciente, na tentativa de influenciar opiniões e decisões de compra sem que a própria pessoa se dê conta.

O termo vem da junção de “sub”, que significa abaixo, e “liminar”, que diz respeito a limites. Ou seja, abaixo do limite consciente do nosso cérebro. Esse estímulo pode ser feito a qualquer um de nossos sentidos, mas os mais pesquisados e testados são a visão e a audição do espectador.

É um assunto polêmico e que sempre ressurge no meio da publicidade.

Mas quando pensamos nas possibilidades de utilização em peças, na criatividade para anúncios de TV e no poder da música na publicidade, é um ponto importante para o profissional da área se aprofundar.

A publicidade seria capaz de manipular nossos desejos contra nossa vontade? Houve aqui também uma corrida de agências na busca de psicólogos e especialistas na área tentando utilizar essa novidade em seu favor.

Mesmo sendo uma prática ilegal no país atualmente, ainda existem muitas oportunidades e possibilidades que rodeiam a propaganda subliminar que podem se tornar grandes armas de atração.

Exemplos de propaganda subliminar que você já viu:

Muitas empresas gostam de incluir mensagens que não necessariamente são subliminares, mas que passam uma sugestão, uma ideia ou um sentimento, mesmo que o consumidor não perceba a princípio.

Dois exemplos muito famosos são Amazon e Fedex. A primeira tem em sua marca uma seta que leva de A até Z, passando a noção de uma loja que tem de tudo, além de formar um sorriso e trazer carisma em uma primeira impressão.

A segunda, uma empresa de logística, aproveitou a contra forma entre as letras “E” e “X” para desenhar uma seta. A mensagem não é sempre percebida, mas passa uma sensação de movimento e velocidade sem que a pessoa se dê conta.

Marlboro

Quando a publicidade de cigarros começou a ser proibida em vários países, em meados da década de 1990, a Fórmula 1 foi um dos eventos esportivos mais afetados, por sua grande presença de anunciantes no setor.

A Marlboro conseguiu por alguns anos driblar essa restrição de forma inusitada: em vez de estampar sua marca nos carros, usava apenas um retângulo branco ou um código de barras que remete visualmente de forma quase que subliminar à marca da empresa.

Jequiti

O exemplo brasileiro dessa lista já virou piada, mas é interessante notar aqui como o conceito foi subvertido em uma campanha que fez muito sucesso. A Jequiti, empresa do Grupo Silvio Santos, inventou uma ideia curiosa de “mensagem subliminar supraliminar”: ela pega o

conceito de expor a mensagem rápido durante uma programação, mas não rápido o suficiente para que nosso consciente não perceba.

O resultado é considerado invasivo, mas impulsionou a visibilidade da marca nacionalmente, até mesmo fora dos círculos de seu público-alvo.

Entenda por que a mensagem subliminar é proibida.

No código do consumidor, o termo referido é “mensagem oculta”. Um de seus artigos define que todo consumidor tenha sempre consciência de que uma mensagem está sendo exposta com objetivo publicitário.

A determinação não foi criada especificamente com esse fim, mas acabava sendo utilizada para a proibição da prática. De qualquer forma, a maioria dos casos ainda é analisada e discutida pelo CONAR e há espaço sim para utilização da técnica na estratégia de conteúdo em vídeo e áudio.

Embora não haja provas de que a propaganda subliminar funciona, o estímulo subjetivo de sentidos do consumidor é uma grande forma de criar conexões emocionais e, assim, aumentar a proximidade entre marca e cliente.

Cada vez mais provado que o nosso psicológico recebe estímulos e nosso dia a dia está totalmente ligado ao marketing e a forma que ele chega para nós. Seja em propagandas ou não.

0 0 votes
Article Rating
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários