A fim de alcançar uma taxa de crescimento acima da média da indústria, uma empresa de growth hacking combina marketing com engenharia.

Growth Hacking: Como usá-lo para atrair e reter clientes

Todo empresário vai fazer o necessário para expandir seu negócio. Hoje, mais do que nunca, temos à nossa disposição mais informações, ferramentas, recursos e qualificações, e é aí que faz necessário uso do Growth Hacking.

Encontrar formas inovadoras de fazer as coisas, a fim de alcançar um resultado definitivo é o trabalho de um hacker. Técnicas de Growth hacking foram usadas pela primeira vez por startups para alcançar taxas de crescimento significativas para seus negócios.

O Que é Growth Hacking e Como Começar Fazer

Os empresários bem-sucedidos devem constantemente adotar e adaptar os métodos estratégicos para obter os resultados que eles querem. Quando esse objetivo é o crescimento do negócio, os proprietários podem olhar para estratégias e táticas altamente criativas e analíticas, tudo a serviço do crescimento do negócio.

A fim de alcançar uma taxa de crescimento acima da média da indústria, uma empresa de growth hacking combina marketing com engenharia.

Por outro lado, growth hacking pode não envolver nenhuma estratégia de marketing digital que você já conhece. Um growth hacker (pessoa que trabalha com growth) poderia inventar uma nova ideia ou estratégia, ou simplesmente dar uma ideia já existente e criar algo mais poderoso.

O que significa “Growth Hacking”?

A palavra “growth” significa “crescimento”, significa também “aumento” e “expansão”. A palavra “hack” tradicionalmente significa “atalho” ou “cortar caminho”.

Growth hacking é basicamente uma forma que empresas utilizam para analisar “quem” e “como” as pessoas usam seus produtos, e em seguida, de forma implacável, criam crescimento para seus negócios.

Portanto, growth hacking combina o uso de habilidades técnicas e criatividade para desenvolver e executar práticas de marketing com foco principal em crescimento. Eu vou te mostrar alguns exemplos de growth hacking à medida que avançamos.

Quem pode se beneficiar com growth hacking?

Startups: Na fase inicial de uma startup, você deve prestar atenção em criar uma excelente primeira impressão para inspirar os clientes a confiar em sua marca. Quando sentem confiança, eles vão comprar o seu produto ou serviços, e eles vão indicar outras pessoas para o seu negócio. Growth hacking pode ajudar a criar essa primeira impressão imediatamente.

Marketing B2B: Uma quantidade gritante de empresas B2B (68% das organizações), não identificaram seu funil ainda. Se você quer vender produtos/serviços para outras empresas, growth hacking vai agilizar todo o processo para você, e você vai finalmente fechar grandes negócios através de um funil que gira em torno de uma grande experiência do cliente.

Marketing B2C: Muitos profissionais de marketing, autores, blogueiros, palestrantes e consultores se enquadram nesta categoria. Para essas pessoas, o growth hacking ajudará a definir cliente ideal do negócio, que, em seguida, irá se converter em cliente – muito mais facilmente.

Comerciantes de conteúdo: Se você confia em artigos, posts, relatórios, ebooks, white papers, podcasts, vídeos, infográficos, ou outros tipos de conteúdo para direcionar tráfego, leads e clientes para o seu negócio, então growth hacking pode ajudá-lo, aumentando esse fluxo de potenciais negócios.

Especialistas em mídia social: De acordo com estatísticas da HubSpot, mais de 50% de todos os profissionais de marketing usam a mídia social por seis ou mais horas por semana. Este é um trabalho real e difícil. Growth Hacking pode ajudá-lo, eliminando a incerteza de seus esforços e convertendo os leads de mídia social em clientes.

Táticas de Growth hacking para marketing de conteúdo

Marketing de conteúdo usa a estratégia de atração para gerar leads, adquirir clientes e crescer um negócio. Mas você também precisa aplicar um pouco de criatividade, porque a concorrência vai te esmagar se você não for diferente de todos os outros.

Táticas de growth hacking que você pode usar hoje para melhorar o seu marketing de conteúdo

  1. Atualização de conteúdos
  2. Capture telas para explicar fatos e dados
  3. Forneça aos leitores ações práticas que podem tomar
  4. Certifique-se de seus dados e estatísticas
  5. Link para sites confiáveis que são relevantes para seu tópico
  6. Use um módulo de atualização de conteúdo relevante
  7. Escreva conteúdos com profundidade
  8. Pegue uma ideia simples e transforme em uma coisa bem maior

Habilidades que um profissional de growth hacking deve possuir:

  1. Líder de equipe, não um desenvolvedor: um growth hacker precisa ser capaz de liderar um time. O trabalho de um growth hacker não é desenvolver ou escrever códigos complicados que irão fazer as coisas acontecerem
  2. Obsessão: Quando você obcecado por alguma coisa, aquilo supera seus pensamentos e simplesmente ocupa sua mente inteira. Um profissional de growth hacking precisa ter esta habilidade porque uma ideia geralmente leva tempo para ser construída.
  3. Plano estratégico de marketing: Profissionais de growth gostam de testar e saber o que funciona e o que não funciona. Esta é a principal diferença entre um profissional de marketing tradicional e um growth hacker.
  4. Growth hackers são extremamente analíticos: Um growth hacker precisa amar métricas, análises e relatórios. Se você estudar pacientemente o Google Analytics para aprender como e o que cada métrica representa, você tem grandes chances de se dar bem como “growth marketer”.

Vamos considerar quatro processos de growth:

1. Definir metas atingíveis

Metas atingíveis são exatas. Queira você crescer suas vendas ou aumentar o número de assinantes do blog, você precisa ser exato no que você espera. Sua meta precisa ser facilmente entendida por todos e alcançável.

Meta ampla: Aumentar número de assinantes do blog

Meta acionável: Conseguir 20 a 50 assinantes de email por dia

2. Use Analytics para acompanhar seus objetivos: Se você quiser ter certeza sobre seus objetivos, e entender quando seus objetivos foram alcançados, então, usar análises é vital. Monitorar o que as pessoas olham dentro do seu site e por quanto tempo, não é mais opcional.

Use o Google Analytics, ou KISSmetrics para avaliar seus visitantes diários e o comportamento deles em seu site. Crie também metas e segmentações avançadas.

3. Alavanque sua rede atual: Sendo você uma empresa, uma startup, um blogueiro ou um profissional de marketing de conteúdo, você pode alavancar sua rede atual para ter uma aceleração inicial do seu produto, conteúdo ou evento.

4. Utilize testes A/B: De acordo com Optimizely, 87% das empresas executam pelo menos um teste A/B a cada mês. Se você está gastando dinheiro ou tempo (ou ambos) em qualquer atividade de marketing, você deve ter certeza de que isso produz resultados. Uma pequena mudança na exibição de anúncios da campanha de Obama fez a diferença.

E então…

Lembre-se que o growth hacking é uma estratégia comprovada que você pode usar para pegar atalhos e atrair leads qualificados, nutrir seus clientes, e retê-los. É hora dos proprietários de negócios online, empresas de marketing de conteúdo, e blogueiros começarem a usar growth hacks para definir seu público e criar um conteúdo que os usuários querem.

0 0 votes
Article Rating
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários