Lembre-se que, quanto mais referências você tiver ao conduzir o seu negócio, menos surpreendido você será. Nem mesmo uma forte crise econômica poderá abalar as estruturas do seu empreendimento quando se conta com planejamento e organização. Certamente, a questão dos Ps no marketing ainda vai gerar novas contribuições de estudiosos. Seja qual for a sua teoria preferida, o mais importante é que ela seja aplicada conforme a sua realidade.

5 P’s do Marketing: Entenda o que são

Os 5 P’s do Marketing são uma das mais maiores contribuições à teoria dos 4 P’s. Uma grande contribuição do mundo acadêmico para o mundo do marketing.

Quais são os 5 P’s do Marketing?

  • P de Produto

Produtos e serviços são, em essência, soluções.

Todas elas nos mostram que, cada vez mais, não se pode vender bem se o produto ou serviço não for pensado para atender a demandas muito específicas.

Ao mesmo tempo, essa especificidade pode e deve contemplar a satisfação das necessidades de grandes públicos.

Não é porque a sua solução é segmentada que isso quer dizer que ela não possa ser vendida em grande escala.

Desenvolvidas para o público brasileiro de menor poder aquisitivo no seu início, a marca soube se reinventar e é hoje uma verdadeira referência, sendo comercializada globalmente.

Por isso, e considerando a inclusão do P de Pessoas no Marketing Mix, considero que um bom produto ou serviço é aquele que começa atendendo bem a um cliente específico.

  • P de Preço

Vale manter o que já se sabe. Ou seja, formar o preço com base nos seus custos e despesas.

Contudo, não basta apenas cobrar com base no custo de produção, já que isso pode encarecer demais o que você tem para vender. Por outro lado, cobrar barato apenas porque a concorrência assim o faz pode desvalorizar a sua marca.

A resposta está no equilíbrio e em uma margem de lucro justa.

  • P de Praça

P de Praça ganha uma nova abordagem e relevância ainda maior. Isso porque precisamos agora considerar o cliente que compra não só usando a internet.

Além de atentar-se para as já identificadas necessidades dentro do e-commerce, agora é preciso considerar outros aspectos em relação à localização do negócio.

É a partir dessa premissa que ganha força o conceito de geolocalização, cada vez mais explorado pelo Google, por exemplo. As buscas hoje são quase sempre locais, em função do uso massivo de celulares para diversas finalidades. Você digita restaurante e o mecanismo sugere resultados por proximidade.

Isso vale para lojas de todos os tipos.

  • P de Promoção

É bastante comum confundir o P de Promoção com o que vemos diariamente em anúncios na internet, TV, rádio e cinemas.

Para negócios que estão no início, esse é um grande desafio. Como não são populares e não têm reputação consolidada, tendem a ser vistos com “desconfiança”.

Considerando o P de Pessoas, conquistar a credibilidade é questão de sobrevivência.

Se tratando de promoção, a mensagem que você passa às pessoas é fundamental. As pessoas percebem tentativas de indução ao erro.

Por isso, observar a ética e uma linguagem clara e direta é tão importante. Em marketing, quanto mais direto você chega aos seus clientes, melhor.

Isso vale para todos os aspectos: merchandising, canais de comunicação e tudo mais que represente a divulgação do seu produto ou serviço.

  • P de Pessoas

Chegamos ao P fundamental da teoria alternativa dos 5 P’s do marketing.

É preciso estudar qual é o comportamento da pessoa que você precisa atingir na sua estratégia. Para ser eficiente nisso você deve criar a sua persona, ou seja, o seu cliente ideal. Conhecer quais são os interesses dela, tanto na vida profissional como no pessoal, vai ajudar você a entender seu comportamento.

Só assim você conseguirá se colocar no lugar dos seus clientes e vender mais do que um produto, mas uma experiência completa para os clientes.

O certo é que as empresas que concentram esforços para atender as “pessoas” serão sempre as mais bem-sucedidas. Isso significa manter sempre uma abordagem positiva sobre o negócio.

Como os 5 P’s do Marketing podem ajudar sua estratégia de marketing

  • Plan (Plano): quais as orientações que a sua empresa segue
  • Pretext (Pretexto): que pretextos dão sentido às suas ações
  • Pattern (Padrão): qual o seu padrão, ou seja, instalações físicas, design etc.
  • Position (Posição): a forma como a sua empresa se posiciona no mercado
  • Perspective (Perspectiva): a capacidade que a sua empresa tem de adotar novas e relevantes perspectivas, como o respeito ao meio ambiente.

Essa é uma das muitas contribuições do mundo acadêmico para o desenvolvimento do marketing e que gera resultados consistentes.

Lembre-se que, quanto mais referências você tiver ao conduzir o seu negócio, menos surpreendido você será. Nem mesmo uma forte crise econômica poderá abalar as estruturas do seu empreendimento quando se conta com planejamento e organização.

Certamente, a questão dos P’s no marketing, sendo 4 ou 5 P’s, ainda vai gerar novas contribuições de estudiosos. Seja qual for a sua teoria preferida, o mais importante é que ela seja aplicada conforme a sua realidade.

Podemos te ajudar em algo? Tirar dúvidas? Auxiliar em algum processo? Fale conosco, estamos à disposição.

0 0 votes
Article Rating
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários